Massaj'Art 2012 © all rights reserved

  • s-facebook
  • s-linkedin
NOVIDADE

 

Todos os meses terá acesso a informação sobre as mais diversas maleitas que lhe tiram qualidade de vida e sugestões de como combatê-las. Esta secção é ainda dedicada a todos os temas relacionados com a saúde e bem-estar. 

 

Se desejar receber esta informação de forma cómoda e rápida ou se tiver alguma sugestão sobre um tema que gostaria de ver esclarecido, basta enviar um email com o seu endereço para: massajart@gmail.com 

 

Textos by: Rute Barbedo

 

Acalmar a Mente, alegreMente, ativaMente

October 28, 2014

 

Quanto mais nos familiarizarmos com o nosso corpo, mais ele funcionará a nosso favor, e são diversas as estratégias que facilitam e promovem esta consciência. Para relaxar, é preciso, antes de mais, reconhecer a necessidade de paz, autoconhecimento e reflexão.

 

 

Tal é a pressão a que nos sujeitamos diariamente que muitas vezes nos esforçamos para relaxar mas mantemos a mesma postura de preocupação em relação à passagem do tempo, à produtividade e ao que temos por fazer. O segredo para aliviar o stress e acalmar a mente passa, antes de mais, por isso mesmo: saber fazer o switch entre o mundo das preocupações e o da respiração pura e fundamental connosco mesmos.

 

O stress parte muitas vezes da acumulação de tensões nervosas no organismo, que não só se manifestam ao nível do sistema nervoso, como também do físico. Os músculos e o aparelho digestivo, por exemplo, são dois dos grandes polos onde o stress se pode acumular sob a forma de dor ou incómodo.

 

Se a melhor forma de distrair o seu cérebro resulta em produção artística, habilidades musicais, aprimoramento da educação, caminhar ou exercício físico, tanto melhor, desde que tenha presente que relaxar é o principal objetivo. Mas, por vezes, é preciso experimentar novas disciplinas, com resultados comprovados em séculos de aperfeiçoamento.

 

Respiração – Nem sempre tomamos consciência da forma como respiramos, mas é importante exercitá-la de modo sistemático, de forma a tirar o maior proveito do ar que nos permite viver. A respiração é fonte de saúde e pode ajudar a tratar diversas patologias ligeiras e graves.

O exercício que passamos a indicar permite melhores resultados se a respiração for abdominal (inspirar e encher a barriga, expirar e colocar a barriga ao máximo para dentro). Inspira e conta 1, expira e conta 2 e, assim, sucessivamente até 10. Repita pelo menos três vezes muito devagar... no final sentir-se-á mais tranquilo. Também pode imaginar o ar a entrar pelo nariz e a concentrar-se no abdómen.

 

Qiqong - É uma forma de exercício suave, composto de um certo número de movimentos repetitivos, frequentemente esticando o corpo, aumentando a circulação de fluídos (sangue, sinovial e gânglios linfáticos) e desenvolvendo uma conscientização de como o corpo se move através do espaço.

No Qigong existem movimentos externos e movimentos internos (chamados “Neigong” ou “energia interna”). Estes movimentos internos fazem do Qigong uma prática superior de saúde e bem-estar. Os movimentos internos do Qigong também se diferenciam de quase todas as outras formas de exercício no Ocidente.

 

Reiki – Utilizada no sistema público de medicina tradicional de  diversos países ocidentais e uma base incontestável da saúde no Oriente e igualmente utilizado nalguns hospitais Portugueses, para o tratamento do cancro ou de doentes em fase terminal, o Reiki é uma terapia que promove a harmonização energética através das mãos. Atua pelo desbloqueio dos canais energéticos, trabalhando, em simultâneo, as componentes física, mental, emocional e espiritual. O Reiki não está associado a nenhuma filosofia ou religião, mas tem cinco princípios-chave: Só por hoje, sou calmo; confio; sou grato; trabalho honestamente e sou bondoso.

 

Meditação – Concentrar-se na respiração, nas batidas do coração ou na pulsação sanguínea pode ser o suficiente para limpar a mente. Sente-se numa posição confortável, focalize-se no fluxo de ar que entra e sai dos pulmões, longamente. Esta simples técnica permite expelir as preocupações e os incómodos, quase como suspiros contínuos de alívio.

Outras formas de meditação passam por caminhar e contar os passos, sincronizando-os com a respiração. Já no Raja Yoga, a ideia é sentar-se numa posição confortável e de olhos abertos, de maneira a focar e mentalizar pontos positivos da natureza humana, como o perdão, a bondade, a generosidade, a compaixão e o amor incondicional.

 

Moxabustão – A palavra chinesa Jiú (pinyin) significa um “longo tempo de aplicação do fogo” e serve para falarmos da moxabustão, onde são utilizados os mesmos princípios e técnicas da acupuntura, mas através de um método térmico. A combustão da erva artemísia sinensis e da artemísia vulgaris sobre pontos específicos do corpo resulta no aquecimento e consequente desbloqueio de alguns canais de energia, potenciando o alívio da dor, a tranquilidade e o bem-estar.

Please reload

Featured Posts

O lado produtivo do sono

March 31, 2015

1/7
Please reload

Recent Posts

February 2, 2015

January 20, 2015

Please reload

Archive
Please reload

Search By Tags