Massaj'Art 2012 © all rights reserved

  • s-facebook
  • s-linkedin

SERVIÇOS

COMPLEMENTARES

Massaj’Art Empresas

Quem nunca acordou cansado? Esse “íssimo, íssimo cansaço” é um sintoma comum na sociedade atual. Face à conjuntura económica e social, os colaboradores contorcem-se entre as exigências da polivalência, o acumular de funções, o cumprimento de horários alargados e o panorama da perfeição… Já para não falar da competitividade que nos cerca, do receio de perder o emprego ou da insatisfação com a remuneração mensal e a falta de tempo. Tudo isto provoca stress, desgaste físico e emocional e, aumenta a fadiga, ao longo do dia, o que se reflete negativamente na produtividade diária.



Se pretende evitar estas situações no seu local de trabalho, invista na saúde física e mental dos seus colaboradores! São várias as empresas que já aplicam políticas para promover o bem-estar interno.

Serviço de Massagem Regular

Acordo/protocolo de serviço semanal, quinzenal ou mensal, adaptado às necessidades de cada empresa. Retorna imediatamente em produtividade e energia positiva. A deslocação pode ser realizada a escritórios, fábricas, linhas de produção, locais de venda, entre outros. A massagem pode ser feita em cadeira ou em marquesa.

 

​Serviço de Massagem Pontual

Surpreenda tanto os seus colaboradores como os seus clientes. Marque sessões de massagem em eventos pontuais (aniversário da empresa, happy hour, casual friday, eventos para clientes, dias comemorativos, etc.).



Concelhos: Lisboa, Amadora, Odivelas, Loures, Oeiras, Cascais, Sintra, Mafra, Sobral de Monte Agraço, Arruda dos Vinhos, Vila Franca de Xira, Azambuja, Alenquer, Torres Vedras, Cadaval, Lourinhã ou outros concelhos/distritos - preços sujeitos a orçamento.



O serviço e orçamento incluem o terapeuta, equipamento e material de higiene. Cada hora pode ser dividida conforme deseje: 2 sessões de 30 minutos | 3 sessões de 20 minutos | 4 sessões de 15 minutos | 6 sessões de 10 minutos



​Pagamento

A empresa pode optar por uma de três modalidades:

1) a cargo da empresa

2) a cargo do funcionário

3) dividido entre ambos

Sugestão: Optando pela modalidade 2 ou 3, a empresa pode presentear os seus funcionários com a totalidade do pagamento nos meses de Natal, Páscoa ou aniversário, melhorando a relação entre o colaborador e a entidade patronal (e com o mínimo de investimento).

 

Se é empresário ou colaborador e tem interesse nesta solução fale connosco.